Se você é amante de um bom churrasco, eu te convido a ler esse texto, pois nele vou te apresentar uma modalidade bastante interessante e saborosa de churrasco: a parrilla.

Qual a diferença entre churrasco e parrilla?

Acredita-se que a parrilla surgiu entre a Argentina e o Uruguai, à beira do Rio de La Plata.

Diferente do nosso churrasco brasileiro, na parrilla não se usa espetos, é preferível o uso de grelhas. Dessa forma, as carnes e legumes não ficam em contato direto com o fogo.

A própria churrasqueira de parrilla é diferente da nossa, pois a fonte de calor está ao lado da churrasqueira e não embaixo. Isso faz com que o fogo não entre em contato com os assados.

No churrasco na parrilla utiliza-se apenas a fumaça e as brasas para assar a carne. Conforme o fogo consome o carvão no receptor ao lado, as brasas vão sendo colocadas embaixo das grelhas para não haver interferências das labaredas no gosto final da carne.

Por isso, há quem diga que a carne assada na parrilla é mais suculenta que a da churrasqueira. Outro truque do churrasco na parrilla é o sal de parrilla, o qual é diferente do nosso sal grosso.

Acredito que você já deve ter visto esse tipo de sal à venda em casas especializadas de churrasco ou até mesmo em grandes redes de supermercado. Nesse texto vamos te explicar um pouco da diferença do sal de parrilla e do tradicional sal grosso.

O que é o sal de parrilla?

A principal diferença entre o sal de parrilla, o sal grosso e o sal comum, é a granulometria. Ou seja, o tamanho dos grãos do sal.

O sal grosso tende a ter os grãos maiores, enquanto o sal de parrilla, tem os grãos um pouco menores, mas não chegam a ser tão pequenos quanto os do sal comum. Podemos definir que seus grãos são intermediários entre o pó do sal comum e os pedacinhos que se formam no sal grosso.

Se a diferença está apenas no tamanho dos grãos, o que torna o sal de parrilla tão especial?

O seu tamanho diferenciado proporciona maior contato com a carne que o sal grosso. Desse modo, a salga da carne acontece de maneira mais uniforme.

Pensando assim, podemos nos equivocar e achar que o sal comum seria a melhor solução para deixar a carne salgada de forma uniforme. Porém ao usar o sal comum, a salga acontece de modo muito acelerado, o que poderia ser um excelente ponto, mas não é.

Se a salga acontece de forma muito rápida, ficará bem difícil controlar a quantidade de sal que entra na carne. Consequentemente, a chance de você salgar a carne em excesso, aumenta demais. E além de ter um churrasco salgado, você também terá a textura prejudicada, pois a carne ficará muito ressecada.

O ressecamento da carne acontece, pois o sal comum tempera a carne de forma muito invasiva. Com isso você perderá os sucos da carne que dão maciez e sabor ao seu churrasco.

Onde usar o sal de parrilla?

O sal de parrilla, serve para salgar cortes de carne mais grossos, como a picanha, em uma velocidade rápida o suficiente para ficar uniforme e devagar o suficiente para manter a carne suculenta.

Para conseguir esses benefícios, faça uma camada fina de sal ou apenas salpique o sal na carne quando for usar no churrasco ou na defumação. Usar nos legumes também é uma ótima opção.

Outra coisa importante é que por conta dele ser menor que o sal grosso, a camada formada por fora da peça não fica tão grossa, permitindo que o calor do fogo tenha maior contato com a carne.

Esse contato é fundamental para que a carne não fique acinzentada. E não é apenas uma questão de estética, se a carne ficar acinzentada, significa que o sabor está tão pouco convidativo, quanto à aparência.

Como fazer um churrasco surpreendente?

Normalmente, as pessoas acreditam que o sucesso do churrasco está no ponto da carne.

Porém, quando você começa a usar o sal como um aliado na técnica de assar a carne, entende que o ponto da carne não é o único fator que vai agregar qualidade ao seu churrasco.

Então, se você souber como o sal se comporta em diferentes técnicas, saberá o caminho para agradar os paladares mais exigentes.

1 – Não use sal fino:

Isso é importante, pois como é difícil controlar a quantidade de sal que vai entrar nas fibras, a chance de salgar demais e perder aquele corte de carne que você escolheu é muito grande.

Além disso, o sal contribui para a perda dos líquidos que carregam o sabor da carne. Deixando-a seca e sem suculência, ficando apenas com a gordura e a proteína fibrosa salgada.

2 – Use o sal de parrilla sempre seco:

Esse é um detalhe que passa despercebido, mas que pode ser o truque que fará toda a diferença. Pois quando o sal está úmido, contribui para que a carne absorva muito mais sal do que deve e a carne pode endurecer.

3 – Pode salgar a carne algum tempo antes de ir para a grelha?

Pode. O que você não pode esquecer, é que quanto mais tempo o sal ficar em contato com a carne, mais forte será o sabor do sal e mais suco a carne vai perder. Então o tempo de grelha será menor para que você tenha uma carne mais suculenta.

4 – Pode salgar a carne na hora de colocar na grelha?

Pode. Basta salpicar o sal de parrilla por cima e depois de virar, no outro lado. Nessa opção o sabor de sal não ficará tão forte como na anterior e você sentirá o sabor mais real da carne.

5 – Pode selar a carne antes de colocar na churrasqueira?

Pode. Você pode passar em uma frigideira para selar os lados da carne, salgar com uma camada fina de sal de parrilla e deixar escorrer por uns 5 minutinhos antes de colocar na grelha.

6 – Pode salgar depois que a carne sair da grelha?

Pode. Essa é a opção que mais preserva a suculência, sabor e maciez da carne. Depois que tirar da grelha você pode cortar em fatias e salpicar o sal de parrilla, que ao entrar em contato com o suco da carne, vai salgar por dentro também, porém, harmonizando com o sabor da carne, sem sobressair o sabor do sal.

7 – Quando usar o sal de parrilla com alho?

Se você é daquelas pessoas que acham que alho casa muito bem com o sabor da carne, essa é uma excelente opção para você. Além de manter a carne bem saborosa, o toque de alho vai fazer sucesso.

8 – Quando usar o sal de parrilla com chimichurri?

Você pode experimentar essa opção quando quiser salgar a carne antes de colocar na grelha. Esfregue ele na carne, meia hora antes de colocar na grelha. Assim o suco da carne vai hidratar o chimichurri e ele vai soltar o seu sabor na carne.

9 – Quando usar o sal de parrilha tradicional?

Se você compartilha da ideia de que churrasco bom é feito apenas com carne e sal, com certeza esse é o ideal para você.

Agora que você sabe de todas essas dicas, experimente o sal de parrilla no seu próximo churrasco! Temos três opções para você escolher em nossa loja virtual. Não esqueça de nos contar depois qual foi o que você gostou mais!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário